Cartões de Crédito sem anuidade Nubank e Digio

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

Cartões de Crédito sem anuidade Nubank e Digio

Procurando cartão de crédito sem anuidade nem tarifas? O Nubank e o Digio podem atender. 

Cansado de sempre ter que verificar se seu banco voltou a cobrar anuidade? E ter que ficar horas no telefone para pedir desconto na assinatura?  Esses cartões Nubank e Digio podem ser opções interessantes.


 

O cartão Nubank, sem cobrança de anuidade nem de outras taxas, utiliza canais 100% digitais e possui os benefícios da bandeira MasterCard. O seu bloqueio e desbloqueio são realizados por aplicativo no celular, sendo este também responsável pela exibição dos gastos em tempo real. Todo o processo de inscrição é feito pela internet. A única coisa que se recebe pelo correio é o próprio cartão. Para saber mais clique: Nubank.

cartão de crédito sem anuidade nubank

 

Veja também:

Outra opção é o Cartão de Crédito Digio Visa. 

Este cartão, fruto da parceria do Bradesco e do Banco do Brasil visando frear o crescimento do cartão Nubank, também não cobra taxas de anuidade, de emissão do cartão nem tarifa de manutenção.  Similar ao cartão Nubank, o Digio também possui aplicativo no celular para a gestão dos gastos.  Mais informações, clique: Digio.


cartão de crédito sem anuidade digio bandeira visa



Os cartões Nubank e Digio são duas boas opções de cartão de crédito sem as irritantes cobranças de taxas de anuidade.  Os dois fazem uso de seus aplicativos de celular tanto para solicitar os cartões, quanto para controlar os gastos e viabilizar os pagamentos das faturas.   

Consultando o Reclameaqui e comparando o Nubank com o Digio, o Digio assume um comportamento mais de banco tradicional:


Digio ou Nubank reclame aqui
Reclame aqui Digio e Nubank


Soluções financeiras como estas, fazendo uso intensivo de  plataformas tecnológicas, com atendimento 100% online e realizando análises de crédito que consideram até mesmo as redes sociais, caracterizam as chamadas empresas Fintechs.

As Fintechs, atuando nos setores de pagamentos, investimentos automatizados, soluções de empréstimo peer-to-peer e financiamento coletivo, dentre outros,  estão vindo para sacudir o mercado dominado pelos grandes bancos, os quais só se mexem pra valer quando pinta competição.
  
A chegada das Fintechs na arena do mercado financeiro é muito bem-vinda.   

Nesse embate entre os novos players, com seus novos produtos e suas novas maneiras de atuar, e os tradicionais bancões, com sua pesada estrutura de agências e tarifas em profusão, quem tem tudo para lucrar são os consumidores, que passam a ter melhores serviços a custos mais satisfatórios.


Veja também:

Montando uma reserva de emergência

Nenhum comentário:

Postar um comentário